Pão tipo australiano sem glúten e sem lactose

Postado por menusemgluten em 05/maio/2016 - 20 Comentários

Receita de Pão tipo australiano sem glúten e sem lactose

paoaus

Oi gente!! Que tal um pão diferente para mudar um pouco a rotina?

O pão australiano ficou famosos através da rede de restaurante Outback e faz o maior sucesso servido com a tal manteiga aerada.

Claro que eu precisava testar uma receita sem glúten para postar e ajudar quem sente falta de certos sabores.

Este pão tem sabor acentuado, levemente adocicado e com massa mais encorpada. Perfeito para estes dias mais frios.

É o mel que dá o sabor adocicado na receita. Não coloque menos do que a receita indica, pois é o mel que ajuda a dar a liga. Pesquisando na internet, vi que algumas receitas pedem melado. Eu gostei bastante com mel…

Ingredientes:

  • 1 xícara (chá) de farinha de arroz
  • 1 xícara (chá) de fécula de batata
  • 1 xícara (chá) de polvilho doce
  • 1/3 xícara (chá) farinha de painço (ou amaranto ou quinoa)
  • 4 colheres (sopa) de cacau em pó 100%
  • 1 colher (sopa) de fermento biológico seco instantâneo
  • 1 colher (chá) de sal
  • 1/3 xícara (chá) de psyllium
  • 3/4 xícara (chá) de água morna
  • 1/4 xícara (chá) de óleo vegetal
  • 3/4 xíc (chá) de mel

Comece hidratando o psyllium na água por 10 minutos.

Em um bowl, misture todas as farinhas, o cacau, o fermento e o sal. Mexa bem para incorporar todos os ingredientes.

Faça uma cova no meio dos ingredientes secos e coloque os líquidos e o psyllium hidratado. Misture bem até formar uma massa maleável e homogênea.

Molde o pão e leve para crescer em forma untada com óleo até dobrar de volume. Eu sempre aqueço um copo com água por 1 minuto no micro-ondas, coloco ele no fundo do forno e deixo meu pão crescer lá dentro.

Minha massa demorou 1 hora e meia para crescer. Não tenha pressa, ok?

Massa antes e depois de crescer

Massa antes e depois de crescer

Depois que o pão cresceu, faça 3 cortes no topo da massa com uma faca afiada ou gilete. Polvilhe fubá.

Ferva 2 copos de água e coloque em uma forma no fundo do forno.

Leve para assar em forno preaquecido a 180 graus por cerca de 40 minutos.

paoaus1

Eu gosto de aquecer as fatias antes de comer, acho que o pão fica mais macio e delicioso com uma manteiga ou requeijão.

Receita adaptada do chef Marcelo Facini.

Espero que vocês gostem!

20 Comentários

  1. Gabriela disse:

    É possível fazer esse pão sem o psyllium? Se não, ele pode ser substituído por outro ingrediente? Não sei se consigo encontrá-lo na minha cidade.

    • menusemgluten disse:

      Oi Gabriela, tudo bem?
      A função do psyllium e dar maciez e adicionar fibras ao pão. Não fiz o teste sem o psyllium, mas se vc quiser tentar, substitua por 1 colher (chá) de goma xantana. A goma tb tem a função de dar maciez.
      Bjs

  2. Gabriela disse:

    Obrigada!! Não sabia a função do psyllium, vou procurar por aqui. Se não encontrar pra vender, vou arriscar substitui-lo pela goma xantana.
    Não conhecia seu site. Adorei!! To me sentindo uma criança em loja de brinquedos!!! 🙂

  3. Thiago Salles disse:

    Olá já possuo um mix de farinhas prontas, como posso substituir o mix proposto? Obrigado!

    • menusemgluten disse:

      Olá Thiago,

      Você pode tentar substituir as farinhas de arroz, fécula e polvilho pelo seu mix de farinhas. Eu não testei com mix pronto, portanto, não posso assegurar que vai dar certo, ok?

      Abs
      Carol

  4. Maíra disse:

    Pra q serve o fubá?

  5. Leonor disse:

    Ñ não entendi. Ele é assado em banho Maria?

  6. Ângela disse:

    Não entendi um passo. Eu hidrato o psylium com quanto de água? E o fermento, não é feito uma esponja antes, com a água morna ?

  7. Gisely disse:

    Olá.. gostaria de saber o ponto desta massa…. É tipo massa para sovar ou ponto de bolo bem pesado??
    P. S adorei as receitas

    • menusemgluten disse:

      Oi Gisely!
      Fico feliz que gostou das receitas.
      A massa é do tipo que dá para “sovar”. Massas sem glúten não precisam ser sovadas, mas a textura é mais para pão que bolo. Veja as fotos. 😉
      Abs
      Carol

  8. Tatiana disse:

    Oi Carol, tudo bem?
    Estava procurando receitas gluten free e veganas e acabei achando seu site. Primeiro quero dizer que eu adorei.
    Minha filha é intolerante e eu preciso fazer pãeszinhos para ela levar para assar na escolinha e eu estava pensando em usar essa receita e moldar mini pães e congelar para ela ir levando um por dia. Você sabe me dizer se daria certo para essa receita? Se não você tem alguma outra receita para me sugerir?
    Desde já agradeço.

    • menusemgluten disse:

      Oi Tatiana! Td bem e vc?
      Fico feliz que tenha gostado do meu site!
      Tenho algumas receitas sem glúten e veganas. Acho que para criança, uma bem legal e que pode ser congelada e a de pãezinhos de batata doce, chia e funghi (pão de queijo sem queijo). Vc pode fazer sem chia e sem funghi e variar no tubérculo. Pode usar mandioquinha, batata, etc.
      para a receita de pão australiano, teria que testar. Eu congelo já assado.
      Apenas tenha cuidado com o forno que for assar na escolinha. Se sua filha for celíaca, melhor não assar em forno que asse pães com glúten.
      Bjs
      Carol

      • Tatiana disse:

        Oi Carol, tudo bem tbm!
        Obrigada pela rápida resposta.
        Então eu preciso de uma receita que precise “sovar” porque na escolinha eles vão “sovar” a massa, colocar para assar e depois de assado eles trazem pra casa. Aqui em casa eu vou ter um outro pãozinho assado no nosso forno para substituir pelo feito na escola então não vai ter problema com contaminação cruzada. O intuito na verdade é mais para ela poder participar da atividade.
        Muito obrigada novamente. Vou testar a receita! ☺️

        • menusemgluten disse:

          Oi Tatiana, o complicado é achar uma massa de pão sem glúten que dê pra sovar. Em geral, a textura dos pães é diferente mesmo. Esse pãozinho que te falei (falso pão de queijo dá pra sovar)…
          Bjs e boa sorte!

  9. Luciana disse:

    Ola, Carol! Testei essa receita, mas meu pão ficou muito duro. Eu acho que por ter dividido a água na esponja do psilyum e com a fermentação. O sabor é maravilhoso, mas não acertei o ponto. Vou testar de novo.

    • menusemgluten disse:

      Oi Luciana,
      Se vc achar a massa muito seca, adicione mais água bem aos poucos, até formar uma massa lisa.
      Qdo a massa fica mto dura, quer dizer que faltou água. Mtas vezes, as diferentes marcas de farinhas mudam a consistência final. ☹️
      Bjs

Deixe seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: