Pandan: Restaurante e café sem glúten em SP

Postado por menusemgluten em 13/nov/2017 - Sem Comentários

Resenha sobre o Pandan: Restaurante e café sem glúten em SP

A Pandan abriu há pouco mais de 1 mês na descolada rua Ferreira de Araújo, em Pinheiros – SP.

O nome do local vem de um neologismo resultante da associação das palavras pani (pão, em italiano) e das três primeiras letras do nome da proprietária, Daniella Vlasic Kobayashi.

A Daniella me contou que viveu 12 anos na Itália e que há cerca de 2 anos descobriu a intolerância ao glúten. Como já tinha um projeto de voltar ao Brasil, pensou em abrir um negócio que pudesse atender pessoas com as mesmas dificuldades que ela.

A Luci Ikeda, conhecida no mundo gluten free, por seus cursos, foi chamada para dar consultoria na parte de panificação; enquanto o chef Maílson da Silva, vice do Hell´s Kitchen 2016, integrou a equipe.

Logo que a Pandan abriu, questionei se o local era seguro para celíacos, pois, para um celíaco, não adianta nadao local oferecer produtos sem glúten, se não há um cuidado com a procedência das matérias primas/ manipulação.  Me responderam que as farinhas eram todas certificadas, mas que o transporte das mesmas, não era exclusivo, ou seja, os caminhões que transportam estas farinhas, também transportam farinhas com glúten. Fiquei um pouco intrigada com a resposta, mas quis ir conferir pessoalmente.

Ao chegar, acompanhada de 2 amigas, decidimos sentar na parte de fora do restaurante, que é muito agradável.

O cardápio:

O cardápio tem tanto opções de brunch, quanto refeições, salgados, doces… atende a todos os gostos. Como eu não havia almoçado, preferi pedir um prato.

Fui de kafta ao molho de coalhada seca e achei uma delícia! Com tempero na medida e super saborosa.

Uma das minhas amigas foi de ovos shakshuka, que são feitos com molho de tomate da casa e servidos com pão sem glúten tostado.
Não cheguei a provar os ovos, mas provei o pão de forma e achei ok (ele vem quentinho).

De sobremesa, fomos de bolo de chocolate da rainha, que é feito sem farinha, e servido com compota de frutas vermelhas e chocolate branco. O bolo é denso e o chocolate contrasta bem com o sabor mais azedinho da compota.

Sobre a questão do transporte, realmente não é feito exclusivamente para farinhas sem glúten, mas NADA que não seja certificado entra no local. Eles preferem deixar a critério de cada um avaliar se vale a pena arriscar ou não. Eu particularmente não passei mal, mas nunca fui muito sensível.

Levei para casa um pain au chocolat e um croissant, que mesmo esquentando, não ficaram bons. Mas, pelo que percebi, ainda estão sendo feitos alguns ajustes no cardápio. De forma geral, gostei bastante do que provei. Vale a pena conhecer!

Pandan
Rua Ferreira de Araújo, 369 – Pinheiros
Tel. (11) 2729-3922

0 Comentários

Deixe seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: