Pão de chia e sorgo sem glúten, sem lactose, sem ovos e sem soja

Postado por menusemgluten em 05/fev/2015 - 10 Comentários

Receita de Pão de chia e sorgo sem glúten, sem lactose, sem ovos e sem soja

Esta receita surpreendeu! A massa do pão não leva ovos, leite, goma xantana, nem soja e ficou delicioso!

Tudo começou com a busca por uma receita sem goma xantana, pois eu estava sem o pozinho mágico das receitas sem glúten em casa. Mas, eu tinha Psyllium, que pode substituir a goma xantana nos pães (já que é espessante).

Fiz uma busca na internet e me interessei pela receita deste site, pois achei fácil e eu tinha todos os demais ingredientes.

Já é possível encontrar a farinha de sorgo e a farinha de painço em lojas de produtos naturais e online.
Eu acho essas farinhas ótimas!

Se não encontrar a farinha de Painço, é só comprar o cereal em grãos e moer até virar farinha.

Nem preciso falar dos benefícios da chia na alimentação, não é? Virei fã nessa semente quando descobri a DC. A importância do consumo desta semente tem sido reforçada por especialistas em nutrição humana, uma vez que nela são encontrados ácidos graxos poli-insaturados essenciais, fibras, proteínas e outros nutrientes. Mas a fama notória da chia foi conquistada graças aos seus efeitos sobre a dieta, pois a semente é capaz de favorecer o emagrecimento. Consumi-la significa colher uma lista de benefícios, que incluem desde regular as taxas de colesterol sanguíneo até fortalecer o sistema imunológico.

Ingredientes liquidos:

  • 2 1/2 xícaras (chá) de água morna (não pode estar quente, deve estar tolerável ao toque)
  • 1 colher (sopa) de fermento biológico seco instantâneo (para pães)
  • 1 colher (chá) de açúcar ou maple syrup (xarope de bordo)
  • 2 colheres (sopa) de óleo (use o de preferência ou azeite de oliva)
  • 1 colher (sopa) Agave ou Maple Syrup
  • 1/3 xícara (chá) de farinha de chia (bati as sementes no liquidificador – se tiver a farinha, pode usar)
  • 1/3 xícara (chá) de Psyllium em pó

Ingredientes secos:

  • 1 xícara (chá) de farinha de sorgo
  • 1 xícara (chá) de farinha de arroz integral
  • 1 xícara (chá) de fécula de mandioca ou polvilho doce
  • 1/2 xícara (chá) de farinha de amêndoas
  • 1/2 xícara (chá) de farinha de Painço (Millet)
  • 1 e 1/2 colher (chá) de sal

Modo de preparo:

Coloque a água morna em uma vasilha ou copo medidor com capacidade para 4 xícaras. Adicione o fermento e a colher de açúcar e misture bem. Deixe descansar em local aquecido por 5 a 10 minutos para ativar o fermento. Essa mistura vai ficar espumosa.

Enquanto o fermento esta descansando, misture todos os ingredientes secos em uma vasilha grande.

Quando o fermento tiver ativado (terá bastante espuma por cima da mistura), junte o óleo, o Agave ou Maple Syrup, a farinha de chia, e o psyllium. Misture bem. Deixe essa mistura descansar por cerca de 2 minutos para a chia e o psyllium soltarem suas substancias gelatinosas. Misture novamente.

Junte os ingredientes secos com os líquidos e misture com uma colher de pau. Neste ponto, se você achar que a massa está muito seca, adicione 1/3 de xícara de água. Eu precisei adicionar. Jogue a massa em uma bancada enfarinhada com farinha de sorgo. Sove até formar uma massa homogênea e não muito pegajosa.

Molde a massa no formato de pão. Coloque dentro de uma forma de pão (23 X 13 cm)untada. Cubra com papel filme e leve para descansar em local aquecido (dentro do micro-ondas, por exemplo). Deixe a massa descansar por uma hora ou até dobrar de volume.

Preaqueça o forno a 190 graus.
Asse o pão por cerca de 55 a 60 minutos.
Para saber se o pão está pronto, dê batidinhas na casca, se o som sai oco, estará pronto.
Deixe o pão esfriar por 10 minutos na forma e depois desenforme e termine de esfriar em uma gradinha.

IMG_3589

Se desejar, fatie o pão e congele. A dica de sempre é aquecer as fatias por algumas minutos antes de comer. Se bem que nem precisei fazer isto com esse pão…

10 Comentários

  1. Érica Grisoni disse:

    Boa noite!

    Primeiramente parabéns pelo site e pela boa vontade em compartilhar com a gente suas experiências.
    Primeira vez que visito seu site e já fui logo tentando fazer pão 😲.. Ô coisinha difícil essa hein.. Nunca imaginei que seria tão difícil conseguir fazer um pão sem glúten.
    Já testei várias receitas, sem sucesso, nunca acho que ficou bom o bastante.
    Mas enfim, nessa receita sua, em específico, de chia e sorgo, notei algo estranho, a sua também ficou amargando?! Assim, bemmm lá no final da mordida?!
    Logo pensei na chia.. Será que é por isso?! Ou é do Psyllium?!
    Muito obrigada mais uma vez 😚

    • menusemgluten disse:

      Olá, Érica!! Td bem?
      Obrigada pelo retorno!
      Que bom que vc se aventurou logo na primeira visita! Fazer pão sem glúten é um ciência… rs
      De fato este pão tem um residual amargo no final. Acho que é o psyllium, pois nas receitas que fiz sem esse ingrediente não tive este resultado. Eu achei gostoso, mesmo com o final amarguinho.
      Eu super indico o pão de teff que fiz. Ficou perfeito!
      Precisando de dicas, só falar! 😉
      Bjsss

      • Érica Grisoni disse:

        Boaa tardeee!
        Muiti feliz de ter recebidi sua resposta. É, pode ser dele mesmo. Nunca tinha usado, foi a primeira vez.
        Quanto ao pão de teff eu vi, mas não tenho essa farinha ainda. 😞
        Tenho trigo sarraceno, sorgo, painço, arroz integral, grão de bico… Consigo substituir por alguma dessas?! Saberia me dizer?!
        Muito obrigada mais uma vez por me responder.
        Beijinho 😘

        • menusemgluten disse:

          Olá, Érica! Tudo bem?
          Eu sempre respondo os comentários! Afinal, quero conversar com meus seguidores!
          Tem várias receitas com as farinhas que você tem!! Não sei te fizer se o resultado do pão com teff seria o mesmo com outra farinha. Teria que testar mesmo!
          Esta semana diz a receita do meu pão integral II com outras farinhas e deu super certo!
          Qualquer dúvida, só falar!
          Bjs

  2. Deka Barros disse:

    Posso trocar a farinha de amendoas e painço na mesma medida por grão de bico? A textura certa desse pão é quase a mesma do pão com glúten? Me refiro na consistencia da massa, pq a grande maioria diz que fica mole como massa de bolo…

    • menusemgluten disse:

      Olá, Deka. Tudo bem?

      Você já viu o post que fiz sobre as farinhas sem glúten (veja aqui). O ideal é substituir as farinhas dentro o das categorias.
      A farinha de grão-de-bico fica muito boa em pães. Você pode testar e ver como fica.
      A massa deste pão é mais parecida com a de um pão com glúten. Dá para moldar.

      Bjs
      Carol

      • Deka Barros disse:

        Obrigada pela resposta e mais uma pergunta rs: se colocar a goma xantana no lugar do psyllium, conseguimos o mesmo efeito? Na mesma proporção?

        • menusemgluten disse:

          Olá, Deka. Tudo bem?

          Para um efeito igual ao da goma xantana, você pode usar a goma guar. Mas, muita gente não tolera muito bem as gomas, por isso, utilizam o psyllium husk, que é mais saudável e benéfico para o organismo (especialmente para o intestino).
          Para um efeito semelhante ao das gomas, você pode usar uma mistura de 5g de psyllium khusk, 20g de semente de linhaça dourada e 10g de semente de chia. Bater no liquidificador até virar uma farinha. Guarde na geladeira até o momento do uso. 10g desta mistura substituem ½ colher der chá de goma xantana.
          Bjs

  3. Eulalia Marçal disse:

    Olá, como posso sbstituir o psyllium. Na minha zona não encontro. Obrigada

Deixe seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: