Strogonoff funcional de Frango (com biomassa de banana verde)

Postado por menusemgluten em 09/abr/2014 - Sem Comentários

IMG_4974

Gente, estou encantada com a biomassa de banana verde. Eu já tinha lido bastante a respeito e fazia tempo que queria fazer, mas a tal da banana verde não aclimatizada (a banana não pode ter passado por nenhum tipo de refrigeração ou calefação) não é muito fácil de ser encontrada. Semana passada consegui achar na feira, e no mesmo dia fiz a biomassa.
Como usei apenas 6 bananas prata, o rendimento foi de cerca de 1 xícara e meia de biomassa.

Imagem do site http://belezaesaude.com/

Foto: Reprodução

A biomassa de banana verde é um alimento funcional pois quando cozida, apresenta um alto teor de amido resistente, que tem ação semelhante a das fibras. Por ser resistente, ele não é digerido e nem absorvido. Por isso, não engorda!
No intestino, a biomassa é utilizada por bactérias boas do nosso organismos, chamadas de probióticos, como uma fonte de energia, mantendo assim a integridade da mucosa intestinal, que é responsável pela absorção dos nutrientes. Além disso, é rica em vitaminas como A, B1, B2 e minerais essenciais como fósforo, magnésio, potássio e sódio.

A biomasssa não tem sabor, é neutra, por isso, pode ser usada tanto em receitas doces quanto em salgadas. Eu acabei utilizando apenas em receitas salgadas, mas certamente vou testar em muitas receitas doces ainda.

Por ser um poderoso espessante, a biomassa serve para dar liga nas receitas, e, no caso do strogonoff, ela entra no lugar o creme de leite, e para dar a textura cremosa do prato.

Pra quem quiser aprender a fazer a biomassa, o passo a passo perfeito.

A inspiração para meu Strogonoff veio deste mesmo blog, da chef Lidiane Barbosa, mas fiz algumas alterações na receita, pois cada um tem um gosto, né? 🙂

Ingredientes:

  • 800g de peito de frango cortado em tirinhas ou cubos
  • 1 colher (café) de sal verde
  • Suco de 1 limão
  • 1 colher (sopa) de mostarda (sem glúten)
  • 3 tomates maduros
  • ½ xícara de água
  • Manjericão a gosto
  • 1 cebola picadinha
  • 1 dente de alho picado
  • 1 colher de azeite de oliva extra virgem
  • 1 xícaras (chá) de biomassa de banana verde
  • 1 colher (chá) de páprica picante
  • 1 colher (chá) de páprica doce
  • 1 xícara de cogumelos (opcional)
  • Acerte o sal com moderação.

Modo de preparo:
Tempere o frango com sal, suco de limão e a mostarda e deixe descansar por 30 minutos antes do preparo.

Enquanto isso, coloque os tomates limpos e higienizados no liquidificador com ½ xícara de água.
Coloque os tomates batidos em uma panela e leve ao fogo junto com o manjericão fresco e deixe apurar o sabor por 10 minutos, em fogo baixo.

Enquanto isso, em uma frigideira, refogue a cebola e o alho no azeite de oliva extra virgem (por no máximo 3 minutos) e junte o refogado na panela do molho. Adicione também neste molho a biomassa de banana verde amolecida.

Neste momento, eu acabei voltando todo o molho ao liquidificador e bati novamente, para ficar homogêneo e sem pedaços de cebola.

Na mesma frigideira que refoguei a cebola (ela deve estar bem quente), coloquei as tirinhas de frango (não coloque o caldo do limão) e deixe dourar a carne. A minha acabou soltando água, mas deixei cozinhar bem de todos os lados e assim que estava cozida, juntei o molho de tomate funcional. Deixei apurar alguns minutos e acrescentei os cogumelos fatiados e a páprica doce e picante.
Acerte o sal.

Sirva com arroz branco ou integral e batata palha!

%d blogueiros gostam disto: