Feijão Azuki com batata-doce e couve

Postado por menusemgluten em 23/mar/2014 - Sem Comentários

Feijão Azuki com batata-doce e couve + Quinoa

Fazia um tempo que eu queria provar o feijão Azuki. A primeira vez que ouvi falar deste feijão foi naquele programa “Você é o que você come”, onde a nutricionista ressaltava os benefícios da inclusão deste grão na dieta.

O feijão Azuki tem origem japonesa, é bem pequeno e vermelho. Ele é um alimento funcional, pois tem propriedade diuréticas, ajuda a regular a hipertensão e o excesso de açúcar no sangue, é rico em ferro, cálcio, proteínas, fósforo e vitaminas do complexo B, é fonte de zinco, o que auxilia no sistema imunológico, e ajuda também na formação óssea. Fortalece órgãos como rins, reprodutores, bexiga e melhora o funcionamento do intestino. Além disso, ele tem uma digestão mais leve, pois fermenta menos que os demais feijões.

A inspiração desta receita veio deste site. Achei que o meu ficou diferente do original, até porque ela usou uma batata-doce cor laranja, que deve ter uma consistência diferente das nossas. O meu prato ficou mais próximo de um virado de feijão, mas ficou bem saboroso.

Ingredientes:
2 colheres (sopa) de azeite extra virgem
1 cebola média picada
2 dentes de alho amassados (eu inclui)
2 batatas-doce descascadas e picadas (usei apenas 1 batata-doce)
2 colheres (chá) de tomilho em pó
1/2 a 1 colheres (chá) de cominho em pó
2 xícaras (chá) de feijão Azuki cozido al dente
4 a 5 folhas de couve-manteiga picadas
Sal e pimenta do reino a gosto.

Refogue a cebola e o alho no azeite. Adicione a batata-doce, o tomilho e o cominho. Misture. Na receita original, ela tampa a panela e deixa a batata-doce cozinhar, mexendo de vez em quando, porém, percebi que se eu não colocasse um pouco de água, iria grudar na panela e queimar, então, adicionei um pouco de água e tampei a panela. De tempos em tempos, eu abria a panela e mexia, se estivesse muito seco, eu colocava um pouco mais de água. Quando a batata-doce estiver macia, junte o feijão cozido al dente (não deixe ficar muito mole), a couve, sal e pimenta do reino. Mexa mais um pouco, até a couve murchar, e está pronto.

Para acompanhar, fiz uma quinoa simples. Utilizei a orgânica pré-cozida, da Nature Crops. Super fácil de fazer e bem gostosa. Faça conforme as instruções da embalagem.

0 Comentários

Deixe seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: