Pasta Frola sem glúten com recheio de doce de Buriti

Postado por menusemgluten em 26/jan/2014 - Sem Comentários

Pasta Frola (sem glúten) com recheio de Buriti

Pasta Frola é um torta artesanal doce típica da culinária Argentina. Em geral, é composta por uma massa coberta com doce de membrillo (marmelo), mas também podem-se utilizar outros doces para o recheio, como a goiabada, doce de leite, doce de batata… Como eu fui passar o Natal em Anápolis, Goiás, na casa da minha sogra, acabei ganhando um doce de Buriti, e aproveitei para fazer o recheio da pasta frola. Mas, em geral, uso goiabada mesmo, e fica divino!!!!

Membrillo

Membrillo

Para mim, a pasta frola é totalmente comfort food. Minha mãe sempre fazia, e era a maior disputa com os meus irmãos, porque todo mundo adorava.

Uma das minhas irmãs acabou descobrindo esta receita sem querer. Ela estava fazendo a massa de pasta frola, ia usar a farinha de trigo normal, mas trocou o pote de farinhas e usou farinha de arroz. Quando ela percebeu, resolveu testar a receita gluten free, e não é que ficou ótima!!! Amei!

Ingredientes:
2 xícaras (chá) de farinha de arroz
100 g de manteiga sem sal ou margarina (usei manteiga)
1 xícara (chá) de açúcar
1 ovo + 1 gema
1 colher (chá) de CMC ou gomo xantana (para dar liga)

Para o recheio:
500 g de doce de buriti ou goiabada
Água

Em uma vasilha, misture todos os ingredientes da massa. Vá misturando com as mãos, até a massa ficar homogênea. Eu embrulhei em papel filme e levei à geladeira por cerca de 10 minutos, para dar uma gelada e ficar mais fácil de trabalhar.

Para o recheio, coloque o doce em uma panela e jogue um pouquinho de água. Leve ao fogo baixo, até o doce derreter por completo e ficar com a textura mole (um doce em pasta). Reserve.

Em uma forma de torta, de aro removível, vá colocando a massa aos poucos, com os dedos mesmo. Forre todo o fundo e metade das laterais da forma (a borda não precisa ser muito alta), reservando uma parte da massa para enfeitar a torta.
Coloque o recheio, espalhe bem por toda a massa.
Abra a massa reservada no meio de 2 pedaços de papel filme. Corte tirinhas e coloque por cima da torta, fazendo um xadrez. Essa tarefa é bem difícil na versão sem glúten, pois a massa quebra. Eu fui colocando tiras pequenas, até formar uma tira inteira. É o que deu pra fazer…

Minha mãe pincelava 1 ovo batido por cima da torta, que fica mais moreninha e bonita, mas eu acabei não fazendo isso, pois meus ovos tinham acabado… rsrs

pf

Espero que vocês gostem. A versão com goiabada ainda é minha preferida, apesar de eu ter gostado bastante com o Buriti. Vale a pena testar.

%d blogueiros gostam disto: